Compromisso. Você e o cliente, felizes para sempre.


<link>http://www.elizegarcia.com/principios-vencedores-parte-2-credibilidade/</link>

<pubDate>Mon, 23 Oct 2017 15:28:57 +0000</pubDate>

<dc:creator><![CDATA[admin]]></dc:creator>

<guid isPermaLink="false">http://www.elizegarcia.com/?p=32238</guid>

<description></description>

<content:encoded><![CDATA[<h4><strong>O que é um princípio?</strong></h4>

É <span style="color: #ff6600;"><em><strong>uma norma fundamental que rege o pensamento e a conduta de alguém</strong></em></span>.


Ter compromisso como princípio é "honrar a camisa", cumprir o papel e a profissão que você escolheu. Entregar bons resultados a quem contratou o seu trabalho.


Comparando com um casamento, é fazer o que você puder pra ele continuar escolhendo você, todos os dias. Mas para isso dar certo, algumas coisas precisam ser observadas:



A escolha<span style="color: #ff6600;"><em><strong>Ao longo da sua vida profissional você vai precisar dizer sim, mas também alguns nãos, para o bem de todos.



Se um cliente te traz mais dor de cabeça do que bons frutos talvez seja melhor avaliar essa relação e romper o ciclo. Não adianta oferecer tanto compromisso, se por outro lado aquele cliente some, não paga, não entende nada do que é o teu trabalho ou busca um aproveitamento medíocre em relação ao seu potencial.


É hora de pensar... esse cliente não é pra mim. Ou seja, não é por falta de ser uma pessoa comprometida, mas por uma incompatibilidade de perfis que você deixa de aceitar trabalhos de alguns clientes que só atrapalham o seu dia a dia.


É claro que você não vai largar o cliente no altar... termine o job que você estiver fazendo, conclua a relação o melhor possível e depois não aceite novos Jobs. Simples assim.